Vereadores de Macaé querem CPI da Saúde


25/05/2019 2h14 • atualizado 25/05/2019 2h15

Denúncias sobre falta de informação, ausência de medicamentos e insumos básicos estão levando a Saúde ao caos

Denúncias sobre o caos e postura irresponsáveis na Saúde de Macaé divulgadas pela mídia local levou a Frente Parlamentar Macaé Melhor se reunir ontem, 23, e dar início ao Projeto de Resolução que criar uma CPI da Saúde, com o objetivo de averiguar denúncias de irregularidades no sistema de saúde da cidade. Para que essa CPI chegue à discussão e votação, é preciso a assinatura de seis vereadores e já conta com quatro.

HPM Hospital Público Municipal

Uma das denúncias é sobre a falta de informação de dados de epidemiologia de casos de pacientes com H1N1, além da ausência de medicamentos e insumos básicos e a dificuldade de comunicação dos servidores com o prefeito Dr. Aluizio e a secretária de Saúde Deusilane. A obstrução de informações fere a Lei Federal e de acesso à informação.

“A CPI permitirá que o Legislativo, com o poder que tem, de convocação, de apuração tenha acesso aos documentos e às informações como um todo, para que tenhamos um consistente Os erros precisam ser expostos, pois é um desrespeito contra a sociedade. Negar informação e deixar pacientes sem assistência é crime”, afirmou o vereador Marcel.

Segundo Marcel, é preciso reunir mais informações. Portanto, a Frente Parlamentar Macaé Melhor abriu um canal de comunicação para recebimento de mais denúncias, como relatos, fotos, documentos, etc.

Para colaborar com essa investigação e assim e encontrar saídas e garantir que Saúde de Macaé seja digna para a população, as informações podem ser enviadas para o e-mail cpidasaudemacae@gmail.com. Denúncias serão apresentadas no dia 28, na sessão ordinária.

Mais conteúdo sobre:
NotíciasO dia na câmara
Vereador Marcel Silvano - Informação obtida em http://marcelsilvano.com.br/noticias/vereadores-de-macae-querem-cpi-da-saude/