Alunos cobram quadra coberta para a Cidade Universitária


04/03/2018 21h14 • atualizado 04/03/2018 21h17

Estudantes que integram as Atléticas das universidades que compõem a Cidade Universitária estiveram presentes na Tribuna Cidadã, realizada antes da sessão de quarta-feira, 28, na Câmara de Macaé. Os alunos reivindicaram apoio dos parlamentares, solicitando que estes derrubem o veto do Prefeito Dr. Aluízio, em relação a Emenda Impositiva, de autoria do vereador Marcel Silvano, para a quadra coberta com vestiários na Cidade Universitária.

Natália Silva Assumpção, aluna de Direito e presidente da atlética da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), ressaltou pontos importantes sobre o investimento no esporte para a saúde mental dos alunos, que ficam confinados aos estudos, longe de suas famílias.

“Estudar é muito desgastante e o esporte é uma válvula de escape necessária para que a gente possa fazer nosso trabalho e melhorar a saúde mental dos estudantes. Ano passado, foram seis tentativas de suicídios, dois com óbito. Sei que todos sentem muito essa notícia, é muito triste termos estudantes jovens que se propõem a sair da cidade, estudar longe da família e não encontrem nenhum tipo de acolhimento”, disse a aluna.

Segundo ela, a quadra é um passo importante e não compreende a razão do veto. Para ela, ainda que haja uma Emenda Aditiva de autoria do líder da Bancada Governista, como é de seu conhecimento, não obriga o Governo a construir o espaço. “Pelo que entendo, a Emenda Impositiva obriga o Governo a construir”, ressaltou.

Para dificultar ainda mais o trabalho das atléticas, muitos dos seus esforços resumem-se em conseguir dinheiro para pagar aluguel de quadra de esportes em escolas particulares. “Segurança, problemas estruturais e uma quadra resolveria boa parte dos problemas, melhoraria o fato do uso dos nossos recursos, que a gente mesmo compra para aplicar. Então se eu tiver que pagar um aluguel de uma quadra, não posso ajudar a um projeto social, tiro de um coisa para pagar um aluguel do que eu deveria ter dentro da universidade”, revelou Natália.

Segundo denunciou o vereador Marcel, a quadra alugada por estes alunos, coincidentemente está numa escola privada, cujo dono é o secretário de Educação do município.

A proposta de Emenda Impositiva é de 300 mil para uma quadra poliesportiva com vestiários para a Cidade Universitária. Já a Emenda Aditiva é no valor de R$ 400 mil.

Mais conteúdo sobre:
NotíciasO dia na câmara
Vereador Marcel Silvano - Informação obtida em http://marcelsilvano.com.br/noticias/alunos-cobram-quadra-coberta-para-a-cidade-universitaria/