Foto: Wanderley Gil

Abandono e falta de segurança no Jardim Guanabara gera debate na Câmara


07/08/2018 16h29 • atualizado 07/08/2018 16h46

Na votação do requerimento de autoria do vereador Luiz Fernando Pessanha, em que solicita o a presença de patrulhamento policial ao 32º Batalhão de Polícia Militar no bairro Jardim Guanabara e adjacências, o vereador Marcel Silvano defendeu a pauta, ressaltando que frequentemente vem chamando a atenção das autoridades pela falta de atenção à questão de segurança naquelas intermediações.

O vereador lembrou que ali fica situado o Instituto Federal Fluminense (IFF) e que diversos alunos e profissionais daquela instituição, além dos moradores, foram vítimas de assaltos. “Eles circulam por ali, principalmente à noite, numa escuridão total, devido à falta de iluminação. Sempre falamos aqui da necessidade de reforço da segurança naquele local. A ausência de outras políticas gera consequências como aumento da criminalidade”, disse Marcel.

Marcel concluiu seu discurso mencionando o descaso do Governo do Estado do Rio de Janeiro com Macaé, bem como com a situação da violência na região.

“No dia 30 de julho a notícia, como se fosse um presente de aniversário, o comandante do 32º Batalhão da Polícia Militar de Macaé afirmou, segundo notícia no jornal, que Macaé não receberá as novas 25 viaturas que seriam cedidas pelo Governo do Estado do Rio, conforme as autoridades aviam anunciado no começo do ano. O comandante afirma que a falta da nova frota prejudica o atendimento nas seis cidades atendidas pelo 32º batalhão”, destacou Marcel

Mais conteúdo sobre:
NotíciasO dia na câmara
Vereador Marcel Silvano - Informação obtida em http://marcelsilvano.com.br/noticias/abandono-e-falta-de-seguranca-no-jardim-guanabara-gera-debate-na-camara/